. Otimização de Sites
. Construção de Sites
. Webdesign
. Desenho Web
. Traduções Web
. Buscadores
. Websites
. Páginas Web
. Ferramentas de Busca
. Historia dos Buscadores
. Marketing de Busca
. Otimizar as Buscas
. Scripts
. Programaçao de Scripts
. Portfolio
. Modelos de Sites
. Otimização de Sites pela Iberbras

Scripts -> Programaçao de Scripts

O objetivo básico e primário de um script é rodar, por exemplo, um programa ou instrução repetidamente, quantas vezes for necessário, e simplificar tarefas complexas. Alguns programadores, porém, melhoraram as linguagens de script simples, deixando-as tão bem elaboradas que elas começaram a ser usadas para fazer programas. O uso de scripts na programação é comum hoje, mas os programas feitos com a ajuda de scripts são freqüentemente ainda chamados de scripts, mesmo se eles não são mais simples seqüências automáticas de tarefas.

Para explicar a diferença entre scripts e programas, uma descrição básica é que o computador interpreta os scripts, enquanto ele executa os programas. Os scripts também têm uma vantagem se comparados a muitos programas, porque o código computacional deles pode ser diretamente executado para rodar uma seqüência de comandos, contrariamente a quase todos os programas, que precisam ser compilados pelo sistema operacional para serem executados e, então, eles rodam por eles mesmos. Apesar desta evidência, muitas pessoas ainda dizem que um script não é nada mais do que um programa que roda em um interpretador.

Basicamente, um script não é apenas mais um script primário quando ele faz coisas mais complexas que ele costumava fazer, como os retornos de valor iniciais. Por exemplo, o script mais famoso hoje é a linguagem JavaScript. Ele é comparado ao Java, mas muitas pessoas não o consideram como um programa ainda porque ele é limitado e não é compilado antes da execução. Ele faz funções on-line básicas na Internet, incorporando documentos HTML. Outro script, o CGI, que tem uma versão em programa também (neste caso, ele precisa ser compilado), cria gráficos, conecta-se a outros servidores de informação da Internet e acessa bancos de dados, retornando resultados.

Nas linguagens de script, programar não depende o tempo todo de características específicas de hardware. Estas linguagens definem como os objetos devem interagir, e combinam componentes de outras linguagens já desenvolvidas e, por esta razão, elas também são chamadas de linguagens de colagem ou de linguagens de integração de sistemas. Outra vantagem das linguagens de script é que muitas delas estão disponíveis na Internet, e podem ser baixadas gratuitamente.

TECNOLOGIA: INSS desenvolve software para administrar filas
Postado em 04-03-2007.
O Sistema Phila organiza e controla as filas nos postos de atendimento do INSS

Uma das novidades é o uso de novas tecnologias, como a do Open Source, que é a atual tendência no desenvolvimento de programas computacionais. O próprio Governo Federal já baixou instrução a este respeito, determinando a ampla utilização dessa tecnologia, por ser dinâmica e econômica. ...
mais

Reunion ganha final alternativo no SBT
Postado em 02-11-2006.
O SBT arrumou um final para Reunião (Reunion), programa exibido com status de minissérie de sucesso, mas que na verdade era uma série cancelada prematuramente em 2005 (e que foi ao ar sem um final na TV paga).
No último sábado (28/10), foi ao ar o encerramento de Reunião, com um texto narrado em off sobre cenas editadas que lembrou a finada Metamorphoses, da Record. O narrador contou que, após meses de ...
mais